Pacote Teorias da Comunicação

De: R$ 610,00
Por: R$ 480,00

Pacote composto por 7 módulos:  Fundamentos e Conceitos da Comunicação / Mass Communication Research / Escola de Frankfurt I / Escola de Frankfurt II / Estudos Culturais e Teóricos Franceses / Estudos Culturais / Teoria das Mediações.

Em Fundamentos e Conceitos, detalhamos os principais conceitos de Comunicação que são pedidos nos concursos públicos e cada um dos pensamentos teóricos que permeiam estes conceitos. É uma aula que dá um resumo das principais escolas e pensadores que tem caído nos concursos públicos dos últimos 5 anos.

Em Mass Communication, analisar-se-á a pesquisa norte-americana sobre a comunicação com ênfase no período entre os anos 1920 e 1960, que marca a hegemonia da Mass Communications Research, cujo eixo central é a investigação dos meios de comunicação de massa. Estudaremos suas principais correntes: a Matemática da Comunicação, a Corrente Funcionalista da Comunicação e os Estudos sobre os Efeitos da Comunicação. Aula baseada exclusivamente em ensino a distância. Faz parte do primeiro módulo de Teorias da Comunicação. O aluno necessita de pelo menos 20h para acompanhar este conteúdo que sempre é pedido na grande maioria dos concursos públicos para Comunicação Social, Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas e Cinema. O módulo é composto de aula expositiva seguida de correção de exercícios. Também teremos 2 sessões no fórum com a presença de professores do Radix para tirar dúvidas sobre o conteúdo apresentado.

Na sequência faremos uma incursão às propostas teóricas da Escola de Frankfurt. Dividiremos a escola, para fins didáticos, em duas fases. Na primeira fase estudaremos o contexto de surgimento do Instituto de Pesquisas de Frankfurt, bem como a formulação do conceito de Indústria Cultural. Estaremos atentos ao livro Dialética do Esclarecimento de Marx Horkheimer e Theodor Adorno e toda a discussão que gira em torno da racionalidade técnica. Ressaltaremos também a importante contribução de Walter Benjamin às dicussões implementadas ao construto estético da arte.

Com base nos estudos da primeira fase da Escola de Frankfurt realizamos incursões sobre autores da segunda fase, tais como, Habermas e Marcuse. Notaremos que essa passagem é contornada por profundas mudanças políticas e históricas vivenciadas pela Alemanha no Pós-Guerra. Conceitos como agir comunicativo e a discussão que gira em torno da cultura serão alicerces das temáticas da Escola de Frankfurt neste momento.

Em “Teóricos Franceses” estão reunidas as contribuições de alguns dos mais importantes pensadores do campo da comunicação. A França sempre produziu grandes autores, e no que diz respeito à Comunicação Social, não há motivos para deixar de conhecer as ideias que trouxeram muita luz às reflexões desta área do conhecimento. Roland Barthes, Louis Althusser, Georges Friedmann, Edgar Morin e Régis Debray: esta é a seleção do Radix para trazer importantes conceitos que certamente frequentam as provas de vários concursos públicos na área de Comunicação Social.

Se analisarmos o quadro geral das teorias que estruturam o Campo da Comunicação perceberemos que parte significativa do pensamento comunicacional, desenvolvido ao longo do século XX, foi construído a partir do ponto de vista da emissão da mensagem. Portanto, a Teoria das Mediações representa uma ruptura em relação às Teorias da Comunicação edificadas nos contextos norte-americano e europeu, já que também considerou a perspectiva da recepção no processo da comunicação. Dois autores de destaque nos estudos da Teoria das Mediações que serão amplamente trabalhados nesta aula e que costumam cair muito em concursos diversificados porque consolidam o pensamento latino na comunicação desde então são: Néstor Garcia Canclini e Jesús Martin Barbero.


Dúvidas? Clique aqui.